Publicidade
MUDAROCK Saiba mais sobre o movimento Saiba mais sobre a ação Login/Cadastro
Home / Blog MudaRock / MudaMais
13 09
Dica de Blog de Sustentabilidade: Semente que voa

03:00 - MudaMais



O que faz nascer um blog de sustentabilidade? Certamente que não é buscar “paraquedistas” do Google! A ideia geralmente nasce lá atrás, está no DNA do autor, na vontade de semear temas interessantes e na fé de que a colheita de uma sociedade melhor virá. Assim surgiu o Semente que voa, de Bibiana Maia.

“A vontade de escrever, de compartilhar e de pesquisar me levou a criar há exatos doze meses um espaço que reunisse os meus maiores interesses, grandes paixões e um estilo de vida.
O Semente que voa acredita em uma postura diferente em relação ao mundo em que vivemos. Sabe que sustentabilidade não é só plantar árvores, que cultura é mais do que vemos na televisão e que precisamos preservar e valorizar os nossos espaços, pois eles também contam a nossa história.
Sem dinheiro, na base da curiosidade e da camaradagem, o blog tem tentado trazer informações que tem pouco espaço na mídia tradicional, que são diferentes, e muita vivência.”

Conversamos com Bibi e ela nos contou um pouco deste ano de vida com o blog – e de toda uma caminhada que veio antes disso!
Como surgiu o blog? Você já era uma usuária ativa de redes sociais e leitora de blogs antes de virar blogueira?

Eu leio e escrevo blogs desde 2003. Comecei escrevendo um sobre o meu colégio, pois não tínhamos um jornal e era a fonte de informação para os alunos saberem sobre eventos e o cotidiano. Creio que que foi na época do boom da blogosfera e como era um colegio federal e precisava prestar concurso para entrar acabava que os novos prováveis estudantes liam o blog para saber como era espaço, uma vez que no site da escola tinham só informações técnicas. Este projeto durou de 2003 a 2005 e tive que tirar do ar porque publiquei uma série sobre as eleições de diretor e a gestão vencedora não gostou muito do conteudo – fui suspensa do uso indevido do nome.

E aí eu que já estava no ano do vestibular e vi o quanto a informação é importante porque os novos [alunos] não iam poder saber de toda a história até ali. Resolvi cursar jornalismo. Entrei na PUC-Rio no ano seguinte, tive alguns blogs com amigos pra compartilhar informações e depois resolvemos criar um “mais sério” o desce1lead em 2008.
Mas tinha gente demais comprometida de menos e não deu certo. Eu fiquei só como leitora [de blogs] até o ano passado quando resolvi criar o Semente porque durante a faculdade resolvi me especializar na temática ambiental, tema sobre o qual fiz monografia, inclusive com o [André] Trigueiro.

Mas eu gosto muito também de cultura e turismo, então resolvi fazer um blog que fosse misturado, inclusive sobre lomografia, tema do qual vejo pouco conteúdo em português.

E já que começou a falar disso, quais são os planos para o futuro?

Bom agora eu quero torná-lo mais profissional e organizado, conquistar parcerias. É complicado porque tem uma vida real para conciliar, mas a idéia é que seja respeitado no meio, que tenha mais visitas. De nada adianta um blog reconhecido sem ser massificado. As pessoas precisam entender que massificar é uma coisa boa se você tem bom conteúdo e só assim a gente vai conseguir construir as mudanças de pensamento necessárias para um real desenvolvimento sustentável. Como a gente tem que mirar no alto, meu plano é tornar o blog bem popular no próximo ano. Para isso comecei a usar outros recursos, como vídeos e fotografias além dos textos. A idéia é ir além do post usual.

E como foi a surpresa de em menos de um ano de blog ser indicada para o The Bobs?

Poxa foi bem legal. Eu conheci o concurso porque lia o blog do Bruno, o Coluna Zero. Quando recebi o e-mail nem acreditei que eu tão pequenininha podia estar ali com gente que sabe muito mais e está há muito mais tempo nisso. Porque eu ainda tenho um longo caminho para tornar o blog mais profissional. Parece piegas, mas pra mim valeu só de concorrer!
[O Semente que voa foi indicado ao The Bobs, maior prêmio de blogs do mundo, como contou aqui]
Agradecemos à Bibiana pela entrevista e, acima de tudo, por ser uma apoiadora do Mudarock há tempos. Sucesso e que venham muitos outros aniversários do blog para comemorarmos juntos.
Comentários:
12
ativismo digital | Bibiana Maia | blog de sustentabilidade | Semente que voa | sustentabilidade | The Bobs

Deixe seu comentário

comentários (12)

  • Gostei muito de conhecer o trabalho da Bibiana.. eu já tinha lido algumas matérias no blog dela, porque afinal a gente fica mesmo procurando notícias na blogosfera e acaba andando por aqui e por ali 9rs)… e gostei muito de conhecer o sucesso dela no The Bobs… eu confesso que não sabia, deu para ver perfeitamente a alegria que ela teve ao receber a notícia em sua matéria no blog. Parabéns pela trajetória, se precisar de algo e eu puder ajudar, estamos aí!!! =D Sucesso Bibiana!