Publicidade
MUDAROCK Saiba mais sobre o movimento Saiba mais sobre a ação Login/Cadastro
Home / Blog MudaRock / MudaMais
09 01
O paraíso sustentável existe, e fica na Dinamarca

09:42 - MudaMais



A atitude e o senso de cooperação dos pouco mais de 4 mil moradores da pequena ilha de Samso, na costa leste da Dinamarca, fizeram do local um paraísos de sustentabilidade, onde toda energia vem de fontes renováveis. E o avanço na questão ambiental ainda gera frutos sociais e faz o lugar ter um dos maiores índices de qualidade de vida do mundo.

Até 1997, a península de 114 quilômetros quadrados de área tinha quase toda sua energia proveniente de petróleo ou carvão. Foi quando a ilha ganhou um concurso patrocinado pelo Ministério Dinamarquês de Ambiente e Energia e se tornou modelo para energia sustentável, ficando livre de carbono.

Com o engajamento dos moradores locais foram compradas 21 turbinas eólicas (10 instaladas no mar e 11 na terra), que a cada hora convertem 463 quilowatts de eletricidade, suficientes para fornecer energia para 600 casas. A questão sustentável ultrapassou o âmbito energético e promoveu uma verdadeira mudança no estilo de vida dos moradores de Samso.

Os alimentos são produzidos em hortas caseiras orgânicas ou comprados de produtores locais. O transporte prioritário é a bicicleta, e dos poucos veículos à combustão que existem, a maioria é  elétrica. As sobras da agricultura são usadas para produzir calor e água quente.

Toda a energia restante é repassada à rede pública e também vendida pelo mercado de carbono, gerando um lucro equivalente a R$ 80 milhões por ano, que é usado em obras sociais pela associação de moradores. Um exemplo a ser seguido e que tem resultado na visita de administradores públicos de vários países que querem conhecer como a ilha se mantém.

Este vídeo da agência Reuters explica como funciona o sistema renovável de energia de Samso e a importância da participação dos habitante para que ele se tornasse realidade.



 
Comentários:
10
Dinamarca | energia eólica | energia renovável | Samso

Deixe seu comentário

comentários (10)