Publicidade
MUDAROCK Saiba mais sobre o movimento Saiba mais sobre a ação Login/Cadastro
Home / Blog MudaRock / Ecomúsica
17 04
4 exemplos sustentáveis do Coachella

05:07 - Ecomúsica

Realizado praticamente no meio do deserto californiano, nos Estados Unidos, o Coachella Valley Music and Arts Festival é um dos festivais de música mais esperados do ano. Antes mesmo da organização oficializar as datas do evento (que esse ano, pela primeira vez, conta com dois finais de semana inteiros, de 13 a 15 e 20 a 22 de abril), vários posters falsos começam a pipocar na internet com o lineup. Também pudera tanto alvoroço: são mais de cem artistas de todos os estilos se apresentando: rock, pop, hip hop e eletrônico.

Tão legal quanto a diversidade musical do Coachella é a sua preocupação com o meio-ambiente. A seguir estão quatro exemplos sustentáveis que todo evento com esse tipo de estrutura grandiosa deveria ter como pilares. Todos eles são possíveis graças à parceria de anos com a ONG Global Inheritance.

Carpoolchella 2012

Carpoolchella: em inglês, carpool é quando você dá carona para quem está indo para o mesmo lugar, economizando não só no combustível, pedágio e estacionamento, como na emissão de gases poluentes. A ideia do evento é mais divertida do que estar na companhia de quem conseguiu a carona: enfeitar o carro com a palavra “Carpoolchella” e ter a sorte de ser clicado pelo “observador secreto”, com a possibilidade de ganhar ingressos VIP para o festival. Além disso, o evento ajuda você a conseguir pessoas para dividir a viagem com o Zimride, site para reservar assentos disponibilizados pelos usuários.

Energy FACTory: na edição do ano passado, 24 DJs só poderiam realizar suas apresentações se conseguissem recrutar pessoas que fossem ao festival e literalmente gerar energia para o seu set. Para isso, pessoas tinham de usar os equipamentos à disposição em volta da arena, tais como balanços, bicicletas e até “rodas de hamster”. A energia e a diversão deram muito certo, como você pode conferir nesse álbum de fotos.

TRASHed: Coachella 2012

TRASHed: nome da exposição pertencente ao “Art of Recycling” (arte de reciclar), programa que incentiva os frequentadores do festival a pensar mais sobre reciclagem. Nesse ano, 50 artistas em todo o mundo foram escolhidos para redesenhar lixeiras de 245 litros, as quais estão expostas no Coachella e, depois, doados para uma escola local. Cultura e consciência de mãos dadas.

10 for 1 Recycle: evento grande, quantidade de lixo enorme. Entretanto, as próprias pessoas no festival podem ajudar a manter a limpeza do lugar. Os centros de reciclagens espalhados pelo Coachella dão pontos com a entrega de garrafas ou latas encontradas no chão, tanto das tendas como do acampamento, os quais podem ser trocados por protetores solares, camisetas, posters e pulseirinhas VIP. Se você quiser apenas matar a sede, é só juntar 10 garrafas de água (descartadas no chão, vale lembrar) para conseguir uma bem refrescante.

E a música? Bom, como falei no começo, são muitas atrações que parecem não caber em dois finais de semana. Se quiser acompanhar de perto, o festival tem um canal oficial para assistir ao vivo a maioria dos shows. Com tanta música boa, acabei escolhendo a performance de “Ever Falling In Love”, da lendária banda inglesa de punk Buzzcocks. Eu sei que é pouco, muito pouco, para tentar transmitir a vibe sensacional que é o Coachella.

Comentários:
0
10 for 1 recycle | carpoolchella | coachella | coachella valley music and arts festival | energy factory | festival | Pop | reciclagem | rock | Trashed

Deixe seu comentário